MERCADONA NÃO RESPEITA OS DIREITOS PARENTAIS!

Mercadona nega o horário flexível às mães e pais que o solicitam, decidindo não acatar os pareceres da Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (CITE) quando são favoráveis aos trabalhadores. 

 

A loja Mercadona em Fânzeres, Gondomar, é um dos exemplos do desrespeito da empresa pelos direitos parentais. Mesmo após parecer favorável da CITE, a Mercadona continua a negar o direito ao cumprimento do horário flexível a uma trabalhadora desta loja!

 

Em Abril, o CESP denunciou a atitude da empresa aos clientes desta loja, de Gondomar, no Porto.

 

A Mercadona não pode continuar a propor às mães trabalhadoras que vão para o desemprego pela exigência dos seus direitos — como é o caso das baixas para assistência aos filhos.

 

Os trabalhadores nesta situação devem contactar o seu Sindicato, o CESP, para intervirmos em sua defesa!

Partilha 

SEGUE-NOS AQUI:


CGTP-IN
Garante os teus direitos. Sindicaliza-te
Contactos CESP