Loading

Lidl insiste na prática de “dar um chouriço em troca do porco!”

 

Mais uma vez, a Lidl muda as regras a meio do jogo, ao anunciar a criação de um novo escalão e um aumento salarial, mas só às chefias de loja e trabalhadores no último escalão.

 

Valorizamos todos os trabalhadores unidos na luta, que nunca baixaram os braços e só assim foi possível conseguir que a Lidl comunicasse este aumento salarial, embora aplicado de maneira discriminatória. É insuficiente e fica aquém do reivindicado pelos trabalhadores, que reivindicam 3€/dia, 90€/mês para TODOS OS TRABALHADORES Lidl.

 

+Informações

GREVE NA SFUAP - Sociedade Filarmónica União Artística Piedense

22 DE OUTUBRO DE 2020

 

Os trabalhadores da SFUAP, organizados no CESP, estão de greve de 24h, concentrados à porta da Sede da colectividade em defesa de aumentos salariais igual para todos os trabalhadores.

 

O CESP, esteve reunido com a SFUAP no âmbito da negociação dos salários, onde exigiu à empresa aumento de salários igual para todos os trabalhadores.

 

A SFUAP pelo 3º ano consecutivo decidiu mais uma vez atribuir aumentos salariais por acto de gestão com aumentos diferenciados e muito aquém do esperado e possível.

 

A direcção da SFUAP reuniu-se com os trabalhadores no parque de campismo anunciando não haver dinheiro para aumentos de salários, mas ao mesmo tempo anuncia ter mais de 6 milhões de Euros depositados num banco.

 

Os trabalhadores da SFUAP estão determinados em continuar a luta em defesa do aumento de salários em 50 Euros igual para todos os trabalhadores.

 

Setúbal, 22 de Outubro de 2020

 

A Direcção Regional de Setúbal do CESP

Situação dos trabalhadores do Lar de Marvila ainda sem resolução

 

Ministra do Trabalho e Provedor da Santa casa de Misericórdia de Lisboa ainda não cumpriram com a sua palavra na garantia de postos de trabalho dos trabalhadores do Lar de Marvila

 

O CESP tomou conhecimento de várias denúncias dos trabalhadores do Lar de Sta. Maria de Marvila, de que a Santa Casa de Misericórdia de Lisboa (SCML) não estaria a honrar os compromissos acordados com o CESP, na reunião realizada no passado dia 25 de Agosto, onde esteve também presente a vogal da Segurança Social.

 

Após vários contactos com o gabinete da Ministra do Trabalho, Dr.ª Ana Mendes Godinho, não obtivemos qualquer resposta, demonstrando uma clara falta de consideração às preocupações dos trabalhadores e para os compromissos assumidos com estes.

 

Após várias tentativas de contacto conseguimos falar com o Provedor da SCML, Dr. Edmundo Martinho, e confrontamos este com o facto de estarem a ser feitos contratos a termo incerto, não garantindo o vínculo estável que tinha sido prometido anteriormente.

 

O Sr. Provedor, transmitiu ao CESP a garantia de que todos os trabalhadores que se mostrem interessados, irão ingressar na SCML até ao final do mês de Outubro com contratos de efectividade.

 

Acrescentou ainda que os trabalhadores que têm estado a assinar contratos de trabalho a termo incerto, para fazer face às necessidades temporárias da SCML, estão num processo paralelo, mas também serão enquadrados como trabalhadores efectivos na SCML.

 

Os trabalhadores e o CESP esperam que a Sr. Ministra do Trabalho e o Sr. Provedor honrem a palavra dada, garantindo o vínculo de trabalho estável, acabando com as incertezas e angústias vividas por estes trabalhadores desde Junho de 2020.

50 anos da CGTP-IN, 50 anos com os trabalhadores

15 de Outubro: Greve dos Trabalhadores das Misericórdias

Concentração às 11h30 na sede da UMP e

às 14h30 junto ao Ministério do Trabalho

 (Presença da Secretária-Geral da CGTP-IN às 14h30)

 

Pelo aumento dos salários de todos os trabalhadores

 

Pela valorização das carreiras profissionais

 

Num ano e num momento em que tanto se fala dos trabalhadores essenciais, dos trabalhadores da Linha da Frente, é necessário que haja a coragem para valorizar as carreiras profissionais de quem, num momento particularmente difícil, não abandona utentes, trabalha no limite das suas forças e capacidades, dando o melhor de si para cuidar dos que mais necessitam.

 

Os salários das Ajudantes de Lar, com 5, 10, 15, 20, 25 e mais anos de antiguidade nas instituições, é o Salário Mínimo Nacional. As diuturnidades não são pagas. A especialização destes trabalhadores não é valorizada. Desde há pelo menos 4 anos que os salários da generalidade dos trabalhadores não são aumentados.

 

Apesar de cumprirem exemplarmente o seu papel, os seus direitos colectivos são atropelados todos os dias pelo Governo PS e Direcções das Misericórdias. 

 

Os trabalhadores das Misericórdias foram obrigados pelo Governo e Instituições a trabalhar 10, 12, 24 horas seguidas, 7 ou 14 dias consecutivos. Até ao momento nenhum recebeu o trabalho suplementar devido. Os trabalhadores foram, também, impedidos de gozar férias, de rescindir contratos de trabalho e até de prestar assistência aos seus filhos.

Pré-aviso de Greve
Pré aviso de Greve - UMP - Misericórdias
Adobe Acrobat Document 71.2 KB

Os trabalhadores encontram-se reunidos à porta da sede da CNIS, no Porto.

 

Pelo aumento dos salários e a valorização da carreira profissional, os trabalhadores das IPSS por todo o país fizeram greve. As exigências colocadas a quem está na linha da frente não pode servir de pretexto para retirada de direitos e atropelos aos direitos laborais.

 

Nesta concentração encontram-se presentes o CESP, a FENPROF e o SEP.

Greve dos Trabalhadores das IPSS no dia 1 de Outubro de 2020

 

Concentração às 11h30 junto à sede da CNIS, no Porto

 

Pelo aumento dos salários de todos os trabalhadores

 

Pela valorização da carreira profissional de todos os trabalhadores da “linha da frente”

 

+Informações

Pré-aviso de Greve
Pré aviso de Greve - IPSS's - 1 de Outub
Adobe Acrobat Document 77.1 KB

ÚLTIMAS NOTÍCIAS CGTP-IN:

Posição da CGTP-IN sobre o Orçamento do Estado (Wed, 21 Oct 2020)
>> Read More

CGTP-IN em defesa da solução para o problema cipriota (Thu, 22 Oct 2020)
>> Read More

Solidariedade com a jornada de luta nacional na Colômbia (Wed, 21 Oct 2020)
>> Read More

Dia mundial para a erradicação da pobreza (Sat, 17 Oct 2020)
>> Read More

Pela adesão de Portugal ao tratado de proibição de Armas Nucleares (Wed, 14 Oct 2020)
>> Read More

ÚLTIMAS NOTÍCIAS ACÇÃO E LUTA:

Trabalhadores da Science4You pagam para trabalhar (Mon, 26 Oct 2020)
>> Read More

Ryanair - Piratas no ar piratas em terra (Mon, 26 Oct 2020)
>> Read More

Inadmissível desvalorizar a grave situação no Hospital Santarém (Mon, 26 Oct 2020)
>> Read More

ÚLTIMAS NOTÍCIAS US LISBOA:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS US SANTARÉM:

Contacto com a Autoridade para as Condições de Trabalho no Distrito de Santarém (Fri, 28 Aug 2020)
>> Read More

Eleitos novos órgão da USS/CGTP-IN (Wed, 20 Nov 2019)
>> Read More

XI Congresso: Reforçar a organização para avançar na luta. (Wed, 06 Nov 2019)
>> Read More

Carteiros do Entroncamento em luta por respeito. (Wed, 09 Oct 2019)
>> Read More


Aplicação CESP para telemóveis

Digita o endereço abaixo no navegador do seu telemóvel ou fotografa o QR Code com o leitor de código de barras do teu aparelho:

http://app.vc/cespsindicato


Garante os teus direitos. Sindicaliza-te

Tel: 222 074 200

Fax: 222 037 674

Folheto
LUPA FINAL.jpg
JPG Image 549.9 KB
CGTP-IN
Garante os teus direitos. Sindicaliza-te

Contactos CESP
CESP Notícias
Interjovem - CESP Jovem