H&M ATACA DIREITOS NA MATERNIDADE!

No passado dia 5 de Março, o CESP esteve no Cascais Shopping a denunciar as ilegalidades cometidas pela H&M em relação aos pedidos de horário flexível por trabalhadoras com filhos menores.

 

A H&M rejeita os pedidos de horário flexível, dificultando a vida das trabalhadoras. Os ataques aos direitos das mães trabalhadoras também são ataques aos direitos das crianças!

 

O CESP denunciou esta situação aos clientes, pedindo solidariedade com a nossa luta – apelando a que escrevessem no livro de reclamações ou nas redes sociais, ou enviassem um e-mail à empresa em atendimentoaocliente.pt@hm.com.

Partilha 

SEGUE-NOS AQUI:


CGTP-IN
Garante os teus direitos. Sindicaliza-te
Contactos CESP