REUNIMOS COM A AUCHAN E PERGUNTÁMOS PELA COMPRA DA DIA/MINIPREÇO

O CESP reuniu com a empresa Auchan para questionar sobre a compra da Dia/Minipreço pela Auchan Retail Portugal, concretizada no passado dia 1 de Maio.

 

Até a fusão estar completa — o que terá de acontecer ainda este ano —, todos os assuntos relacionados com os trabalhadores da Dia continuam a ter as vias de contacto dos recursos humanos da Dia.

 

Questionámos sobre se estava previsto o encerramento de lojas. Informaram-nos que não pretendem encerrar lojas, mesmo aquelas que fiquem muito próximas — a perspectiva é abrirem outros negócios Auchan. Quanto às logísticas, informaram-nos que mantêm os 3 armazéns da Dia.

 

Informaram-nos que prevêem concluir toda esta integração até 2026.

 

Sobre os salários, apesar da empresa considerar erradamente que os salários na Auchan são mais elevados, não poderá baixar os da Dia.

Na verdade, os trabalhadores da Dia recebem mensalmente um pouco mais que os da Auchan, porque são valorizados pela antiguidade — o que não acontece na Auchan. O subsídio de refeição também é superior na Dia.

 

Isto só demonstra a desvalorização brutal dos salários neste sector, a urgência do aumento significativo dos salários de todos os trabalhadores, e a importância de manter a antiguidade com um papel fundamental na valorização das carreiras profissionais. 

 

A estrutura do CESP na Dia/Minipreço já solicitou duas reuniões à empresa para discutir o futuro e o processo de transição. Informaremos os nossos sócios de quaisquer desenvolvimentos.

 

Para o CESP, importa garantir que nenhum direito dos trabalhadores será posto em causa!

 

Durante este processo de fusão, fica atento. E em qualquer dúvida, contacta o teu Sindicato, o CESP!

Partilha 

SEGUE-NOS AQUI:


CGTP-IN
Garante os teus direitos. Sindicaliza-te
Contactos CESP