Novos Salários com efeitos a 1 de Abril de 2017 na Lusoponte

Ficou concluída a negociação para a revisão dos salários e subsídios para 2017. Os novos salários são processados em Abril de 2017. Em Maio ou Junho a diferença dos salários agora acordados e os pagos nos meses de férias de Janeiro a Março serão pagos sob a forma de prémio de carácter específico e extraordinário.

 

Valores acordados:

 

- Aumento de 1,2% sobre os vencimentos da Tabela Salarial de 2016, a partir de 1 de Abril de 2017, com arredondamento ao Euro superior;

- Fixação do abono para falhas de caixa em €1,86(5) por dia;

- Fixação do subsídio de alimentação em €8,92 por dia;

- Compromisso das partes em discutir no próximo ano carreiras profissionais e progressões;

FS Lusoponte - Maio 2017
Lusoponte.pdf
Adobe Acrobat Document 286.8 KB

21/02/2017

CESP reclama aumento dos salário e respeito pelos direitos na Brisa!

No passado dia 22 de Dezembro, o CESP desenvolveu uma acção de protesto junto da sede da Brisa. Esta acção foi marcada pela entrega das reivindicações dos trabalhadores da empresa em forma de cabaz de Natal, nomeadamente o aumento salarial e a redução para as 35 horas semanais, entre outras exigências que se encontram disponíveis nesta página, na publicação anterior.

CESP entrega cabaz de Natal reivindicativo à Brisa

  1. Aumentos salariais;
  2. Distribuição de resultados a todos os trabalhadores de uma forma justa e de acordo com os lucros reais da empresa;
  3. 25 dias de férias;
  4. 1 dia de tolerância de ponto para todos os trabalhadores;
  5. 35 horas semanais para todos;
  6. Subsídio de Risco para a Assistência Rodoviária e para a Obra Civil, assim como para todos os trabalhos com actividades consideradas de risco;
  7. Criação do Escalão E para todas as categorias onde ainda não exista;
  8. Requalificação de todos os trabalhadores que desempenham funções fora do descrito no seu âmbito funcional;
  9. Reforço dos quadros de pessoal, principalmente na Assistência Rodoviária, Obra Civil e Electrónica;
  10. Colocação de Operadores de Portagem em todas as barreiras de portagem;
  11. Eliminação da escala 5/1;
  12. Eleição dos representantes de Segurança e Saúde no Trabalho.

 

Este cabaz será entregue simbolicamente no dia 22 de Dezembro pelas 10h30, no Campus Brisa.

Acção Brisa cabaz natal 22Dez2016.PDF
Adobe Acrobat Document 413.0 KB

BRISA aprofunda degradação do serviço!

No anterior comunicado, o CESP denunciou opções da empresa que violam o contrato de concessão e promovem a degradação do serviço e das condições de trabalho. Confirmaram-se as piores perspectivas, conforme foi amplamente divulgado na comunicação social. Ao contrário do que seria de esperar, as empresas insistem no caminho da degradação do serviço de cobrança, atendimento e assistência. As empresas contornam a denúncia e reclamações dos utentes através da utilização dos RSF. Com esta artimanha, a entidade fiscalizadora passa ao lado dos reais problemas das autoestradas.

 

No seguimento da vontade dos Operadores Principais junto do CESP, este dinamiza um abaixo-assinado para que estes possam apresentar um conjunto de reivindicações com intuito de melhorar as condições de trabalho:

 

- Garantir um serviço de atendimento e cobrança rápido e seguro tanto para utentes como para os trabalhadores;

- Garantir trabalhadores em todas as barreiras de portagem 24 horas/dia;

- Não à alteração de funções;

- STOP a check-list absurdas e descabidas.

Mais informação:
brisaout16.pdf
Adobe Acrobat Document 343.9 KB

Após reunião realizada com DRH-BRISA, no dia 5 de Fevereiro de 2016, vem o CESP informar os trabalhadores das principais conclusões da mesma:

No Entroncamento, em 22 de Outubro, dezenas de delegados e dirigentes sindicais do Grupo de Brisa, discutiram as reivindicações para melhorar as condições de vida e o emprego com direitos

FOLHA_SINDICAL_Outubro_2015.pdf
Adobe Acrobat Document 377.4 KB
info2_AE2015 - AENL.pdf
Adobe Acrobat Document 53.7 KB
FOLHA_SINDICAL_julho_07072015.pdf
Adobe Acrobat Document 441.8 KB
Brisa confirma na DGERT discriminação dos trabalhadores por ato de gestão
FOLHA_SINDICAL_julho_2015-1.pdf
Adobe Acrobat Document 143.2 KB
info_ACT2015_13.pdf
Adobe Acrobat Document 2.3 MB
FOLHA_SINDICAL_junho_2015.pdf
Adobe Acrobat Document 294.5 KB
info1_AE2015 -AENL.pdf
Adobe Acrobat Document 66.8 KB
info_ACT2015_12.pdf
Adobe Acrobat Document 712.0 KB
FOLHA_SINDICAL_Maio_2015.pdf
Adobe Acrobat Document 524.0 KB

Carta Aberta ao Presidente do Conselho de Administração da Brisa:

#Carta Aberta Brisa 27Abril2015.pdf
Adobe Acrobat Document 65.8 KB

CESP denuncia actividade criminosa na BRISA

O CESP (Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços) acusa a Brisa de comportamento ilegal e criminoso. A empresa, concessionária de um serviço público, estará a violar o Código do trabalho, discriminando trabalhadores em função da opção sindical e assediando e tornando públicas as bases de dados dos trabalhadores sócios e não sócios de Sindicatos.

O CESP está a reunir elementos para avançar com processos-crime contra os autores morais e materiais do assédio e ingerência sindical, promovida em larga escala pela Brisa.

Entretanto, os advogados do CESP vão já avançar com Providência Cautelar para suspender o acto discriminatório antes da sua concretização.

Brisa Info ACT nº9.pdf
Adobe Acrobat Document 465.9 KB
Brisa quer fechar acordo ionformalmente reduzindo o valor do trabalho suplementar e em feriado
info_ACT2015_8.pdf
Adobe Acrobat Document 259.4 KB
info_ACT2015_7#.pdf
Adobe Acrobat Document 229.0 KB
info_ACT2015_6.jpg
JPG Image 232.6 KB

Brisa: Negociações bloqueadas pelas empresas

Após mais uma ronda negocial decorrida no dia 19 de Março, vem a CNS FEPCES/CESP informar os trabalhadores dos desenvolvimentos do processo negocial.

 A FEPCES/CESP mantém a sua posição de 2,5% na tabela salarial. Continua aguardar por parte das empresas que se encontram em 0,5% na tabela salarial e restantes pecuniárias uma evolução. + informação

info_ACT2015_5_.pdf
Adobe Acrobat Document 335.4 KB

Brisa: Onde Está A Responsabilidade Social?

Após mais uma ronda negocial decorrida no dia 12 de Março, vem a CNS FEPCES/CESP informar os trabalhadores dos desenvolvimentos do processo negocial:
A FEPCES/CESP evolui para 2,5% na tabela salarial.
Aguardando por respostas menos tímidas por parte das empresas que se encontram em 0,5% na tabela salarial e restantes pecuniárias. + informação

info_ACT2015_4.pdf
Adobe Acrobat Document 306.1 KB

BRISA dos MILHÕES dá TOSTÕES

Após as reuniões de negociação ocorridas nos dias 4 e 5 do corrente mês, vem a CNS FEPCES/CESP informar os trabalhadores dos desenvolvimentos do processo negocial:

As Empresas, perante a firmeza da Comissão Negociadora Sindical, desbloqueiam negociação e avançam com proposta de aumento de 0,3% para a tabela Salarial!

Uma proposta tão incipiente por parte das empresas, que caso ainda estivéssemos no Carnaval poderíamos considerar como uma partida de mau gosto, contudo a altura e o momento estão revestidos de seriedade.

A CNS FEPCES/CESP relembra que está mandatada para negociar propostas sérias e condignas, não indo em falácias. A realidade das empresas não é aquela que estão apresentar. + informação

Info_ACT2015_3.jpg
JPG Image 208.0 KB

Trabalhadores da Brisa não abdicam dos seus direitos

A FEPCES/CESP relembre que os imperativos da lei não podem ser apenas para quando convém ou advém mais valias para os acionistas.
A FEPCES/CESP, não desiste das suas propostas para as quais se encontra mandatada pelos trabalhadores:
- 3% aumento para a tabela salarial;
- Aumento nas tabelas de expressão pecuniária;
- Reposição dos dois dias de majoração férias;
- Reconhecimento do risco inerente a determinadas funções com a atribuição de subsidio de risco;

- Criação da letra E para os ajudantes de obra civil:
- Reconhecimento e alteração das carreiras profissionais moneadamente o dos trabalhadores dos COP(S) e CCO
- Criação do quadro Comércio para os trabalhadores da VIA VERDE (Assistentes e Supervisor de loja) + informação

info_ACT205.2.1.pdf
Adobe Acrobat Document 131.9 KB

GRUPO BRISA CONTINUA INSACIÁVEL

 

A FEPCES/CESP vem informar os trabalhadores após primeira reunião do processo de negociação do ACT para 2015.

 

A FEPCES/CESP confirmou na primeira reunião que a contraproposta recebida a 5 de Fevereiro, é mais
um ataque aos direitos dos trabalhadores, em que passamos a salientar:

 

• Recusa todas as propostas efectuadas pela FEPCES/CESP;
• Insistentemente propõe a retirada de dois feriados: municipal e de Carnaval somando aos já retirados pelo Governo;
• Redução para metade do acréscimo por trabalho suplementar;
• Aumento salarial de 0%;
• Não reposição da majoração de férias em ACT. + informação

info_ACT2015_2.pdf
Adobe Acrobat Document 95.5 KB

BRISA: TRIBUNAIS RECONHECEM A RAZÃO DOS TRABALHADORES - ACÓRDÃO DO TRIBUNAL DA RELAÇÃO LISBOA CONFIRMA DECISÃO DO TRIBUNAL DO TRABALHO DE CASCAIS

Após recurso interposto pela BRISA, relativamente á decisão da Providência Cautelar, veio o Tribunal da Relação de Lisboa emitir ACÓRDÃO favorável (19 de Novembro de 2014) aos trabalhadores.

 

Perante tal acórdão, que mais uma vez dá razão aos trabalhadores, devemos continuar a lutar unidos para que a empresa cumpra com os seus deveres e aplique os direitos consagrados no ACT e na Lei. + informação

FOLHA_SINDICAL_tribunal_relacao.pdf
Adobe Acrobat Document 322.3 KB

O CESP não desiste da intenção de negociar um ACT para regular as condições de trabalho, aumentar salários e subsídios dos trabalhadores das empresas do Grupo Ascendi

O CESP não desiste da intenção de negociar um ACT para regular as condições de trabalho, aumentar salários e subsídios dos trabalhadores das empresas do Grupo Ascendi

O CESP insiste na necessidade de negociação de um Acordo Colectivo de Trabalho (ACT) para a totalidade dos trabalhadores das empresas do Grupo ASCENDI.


Esteve agendada para dia 23 de Janeiro uma reunião com a empresa, que foi desmarcada a pedido desta por “não haver evolução na posição da empresa e por se manter a indefinição sobre os contratos de concessão já que nenhum acordo está ainda fechado com o Estado”. + informação

Folha sindical Ascendi.pdf
Adobe Acrobat Document 216.2 KB

Negociações ACT Brisa - Defender a contratação colectiva é lutar pela efectivação da democracia

O ataque contra a contratação colectiva, enquanto instrumento de distribuição da riqueza e de harmonização social no progresso, insere-se na ofensiva mais geral do Governo e do patronato contra os trabalhadores, e a própria democracia nas suas componentes política, económica,
social e cultural.
Apesar de ameaçada, a contratação colectiva não será destruída. Tal como no passado, também no presente os trabalhadores saberão defender um dos alicerces mais relevantes para o equilíbrio das relações de trabalho, o progresso e justiça social. + Informação

info-ACT2015-Autoestradas.pdf
Adobe Acrobat Document 248.0 KB

Inquérito aos trabalhadores da BRISA

Há notícia que continuam a existir situações de discriminação no valor pago para compensar transferências de local de trabalho.

Existem trabalhadores deslocados que não acordaram ou aceitaram a transferência, tendo esta sido imposta pela empresa.

Face à confirmação, eventual, de tais problemas, precisamos de os conhecer para, em função da vontade do próprio trabalhador, o sindicato poder agir ou recomendar medidas para resolver os problemas. Responda ao inquérito

BRISA TEM DE RESPEITAR DECISÕES DO TRIBUNAL… NÃO ÀS TRANSFERÊNCIAS ILEGAIS!

A BRISA não deve continuar o caminho de desrespeito pelos direitos dos trabalhadores, tentando pressioná-los a transferências entre COs, depois de o Tribunal de Cascais, em acção promovida pelo CESP, ter dado razão aos trabalhadores. + Informação

Comunicado Autoestradas CESP OUT2014.pdf
Adobe Acrobat Document 269.0 KB

Aumentos salariais para os trabalhadores da AENL

Negociações concluídas


O CESP chegou a um acordo final e global para a revisão do AE dos trabalhadores da AENL (Auto-Estradas Norte Litoral):



• 1% de aumento na tabela salarial, com arredondamento ao Euro superior;
• Aumento mínimo de 10€ para a categoria de Ajudante de Conservação e Manutenção;
• 6,50€ de Subsídio de alimentação;
• Consagração em AE da Terça-feira de Carnaval como dia feriado;
+ informação

info4_AE2014.pdf
Adobe Acrobat Document 53.7 KB

Aos Trabalhadores da Brisa: minuta para reclamar o pagamento dos dias de majoração de férias não gozados no ano de 2013

O CESP disponibiliza aos trabalhadores da Brisa uma minuta para que possam reclamar à empresa o pagamento dos dias de majoração de férias não gozados no ano de 2013.

O Código do Trabalho estipula: «caso o empregador obste culposamente ao gozo das férias nos termos previstos nos artigos anteriores, o trabalhador tem direito a compensação no valor do triplo da retribuição correspondente ao período em falta, que deve ser gozado até 30 de Abril do ano civil subsequente».

Os trabalhadores podem requerer o pagamento dos dois dias em falta, bem como o seu gozo atendendo a que a entidade patronal o impediu até à presente data.

Minuta para reclamar os dias de majoração de férias

Requerimento férias.doc
Microsoft Word Document 22.0 KB

Comemoração dos 100 anos da Revolução que transformou o Mundo

Garante os teus direitos. Sindicaliza-te

Contactos CESP
CESP Notícias
Interjovem - CESP Jovem
CGTP-IN