Loading

Após luta intensa, particularmente nos últimos 4 anos, contra a política de direita e de rapina dos direitos dos trabalhadores, a reposição de direitos retirados tem vindo a concretizar-se, de forma tímida, o que, mesmo assim, não deixamos de valorizar, sabendo-se que a divida para com os trabalhadores e o nosso povo está longe de saldar-se.

 

Mais uma vez se comprova que vale sempre a pena lutar, que a luta não foi em vão e amanhã, 26 de Maio, é recuperado pelos trabalhadores o 1º dos 4 feriados que lhes retiraram. CGTP-IN + informação

GRUPO ESPANHOL DIA% DETENTOR DAS LOJAS MINIPREÇO RETALIA ILEGALMENTE OS TRABALHADORES QUE ADERIRAM À GREVE NO DIA 1º MAIO COM TRANSFERÊNCIA COMPULSIVA DE LOJA

O CESP- Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal, após discussão e consulta aos trabalhadores do Dia/Minipreço, decretou GREVE (dia 1º de Maio-lojas e dia 2 de Maio - Armazém de Torres Novas), para todos os trabalhadores que entendessem aderir à luta que pretendia por um lado, salvaguardar o respeito pelo Dia Internacional do Trabalhador e por outro, lutar contra a actual situação de verdadeiro terrorismo psicológico, discriminações salariais, perseguições e faltas de respeito perpetrados por vários quadros da empresa a nível nacional.

 

Tendo-se verificado uma larga adesão dos trabalhadores, com mais de uma centena de lojas encerradas, a Direcção da empresa reincidiu no ataque a mais um direito dos trabalhadores, o direito à greve, e a confirmação da violação de direitos chegou na passada 6ª feira, com a entrega de comunicações de transferência de loja a vários trabalhadores da loja da Charneca da Caparica – Almada.

 

Os trabalhadores e o CESP demonstraram o seu repúdio e indignação promovendo uma concentração no dia 18 de Maio, junto à loja da Charneca da Caparica.

Trabalhadores do Grupo Sonae lutam por melhores condições de vida e de trabalho

O CESP realizou no dia 20 de Maio uma concentração junto à sede da Sonae para denunciar toda a situação com que os trabalhadores deste grupo são confrontados todos os dias na maior parte dos locais de trabalho e para reivindicar aumento dos salários, o que já não acontece há mais de 6 anos.

 

Os principais problemas que os trabalhadores denunciam e reclamam são:

  • Aumento dos salários para todos;
  • Progressão na carreira para todos os trabalhadores dos armazéns;
  • Fim à pressão e ao assédio moral aos trabalhadores, que é constante;
  • Passagem a efectivos dos trabalhadores com vínculos precários;
  • Horários regulados no respeito pelo contrato colectivo e pelo direito à conciliação entre a vida profissional e a vida pessoal;
  • Cumprimento da regras de Higiene, Segurança e Saúde nos locais de trabalho.

Trabalhadores do Jumbo de Matosinhos, no dia 20 de Maio, denunciaram as suas condições de trabalho e exigiram o aumento dos salários

Trabalhadores do Jumbo de Matosinhos realizaram, no dia 20 de Maio, uma acção de denúncia à porta da loja para denunciar a pressão e o assédio moral que os trabalhadores são vítimas, exigir o aumento dos salários, fim da discriminação salarial entre trabalhadores com a mesma categoria salarial, fim aos horários desregulados e respeito pelos trabalhadores.

 

Liga de Clubes de Futebol Profissional, quer excluir os trabalhadores dos Clubes do âmbito de aplicação do Contrato Colectivo de Trabalho

Depois da Liga de Clubes de Futebol Profissional ter denunciado o Contrato Colectivo de Trabalho, decorreram já várias reuniões de negociação.

 

Na última reunião, a Liga de Clubes de Futebol Profissional declarou não estar disponível para continuar com o processo negocial sem que ficasse claro que os sindicatos aceitavam a exclusão de todos os trabalhadores dos clubes, empresas comerciais e bingos, do âmbito de aplicação do Contrato Colectivo de Trabalho, ou seja, a Liga de Clubes de Futebol Profissional pretende que o Contrato Colectivo de Trabalho (CCT) se aplique apenas aos trabalhadores das Sociedades Desportivas e Sociedades Anónimas Desportivas, deixando de fora todos os outros trabalhadores que lutaram para a existência deste CCT e a quem o mesmo se aplicou desde sempre.  + Informação

 

Os Trabalhadores dos Clubes de Futebol Profissional em Luta concentraram-se no dia 16 de Maio à porta da LCFP, no Porto

Nota à imprensa.pdf
Adobe Acrobat Document 44.2 KB

Últimas Notícias CGTP-IN:

Fosso salarial entre patrões e trabalhadores continua a aumentar (Tue, 24 May 2016)
>> read more

26 de Maio é feriado nacional! (Wed, 25 May 2016)
>> read more

CGTP-IN solidária com os trabalhadores estivadores do Porto de Lisboa (Wed, 25 May 2016)
>> read more

CGTP-IN envia mensagem de solidariedade à CUT do Brasil (Tue, 24 May 2016)
>> read more

Manifestação dos Trabalhadores da Função Publica encerra Semana de Luta (Fri, 20 May 2016)
>> read more

Últimas Notícias USL:

XXV ENCONTRO DE CICLOTURISMO DA USL/CGTP-IN (Wed, 25 May 2016)
>> read more

CGTP-IN SOLIDÁRIA COM OS TRABALHADORES ESTIVADORES DO PORTO DE LISBOA (Wed, 25 May 2016)
>> read more

ATENDIMENTO NAS LOJAS DO CIDADÃO AVALIADO POR "SMILES” (Wed, 25 May 2016)
>> read more

TRABALHADORES DA AVIPRONTO CONTINUAM EM LUTA! (Mon, 23 May 2016)
>> read more


Aplicação CESP para telemóveis

Digita o endereço abaixo no navegador do seu telemóvel ou fotografa o QR Code com o leitor de código de barras do teu aparelho:

http://app.vc/cespsindicato


Garante os teus direitos. Sindicaliza-te
Garante os teus direitos. Sindicaliza-te

Contactos CESP
CESP Notícias
Interjovem - CESP Jovem
Inquérito / Denúncia
CGTP-IN

_