Comércio de Óptica: ANO insiste em reduzir direitos e salários aos trabalhadores

A ANO insiste em reduzir direitos e salários aos trabalhadores, e impor piores condições de trabalho.

As dificuldades que a ANO diz que o sector atravessa não são culpa do Contrato Colectivo de Trabalho nem dos salários pagos no sector, que não são actualizados desde 2007, mas sim da política que defende os baixos salários como solução para os problemas do país e que a ANO tanto defende, ao não aumentar os salários há seis anos.

É necessário defender o aumento de salários para dinamizar a economia e criar emprego. Mais informação

Folha Sindical - Óptica.pdf
Adobe Acrobat Document 899.5 KB

Comemoração dos 100 anos da Revolução que transformou o Mundo

Garante os teus direitos. Sindicaliza-te

Contactos CESP
CESP Notícias
Interjovem - CESP Jovem
CGTP-IN