Finalmente foi publicada a portaria de extensão do Contrato Colectivo do Comércio Retalhista do Distrito do Porto  

AUMENTOS SALARIAIS A PARTIR DE 1 DE MAIO DE 2015

 

No dia 8 de Maio foi publicada no BTE n.º 17 a Portaria de Extensão do Contrato Colectivo que se aplica a todas as empresas do comércio a retalho não filiadas nas associações dos comerciantes do distrito do Porto.

A tabela salarial e demais matérias de natureza pecuniária produzem efeitos a partir do dia 1 de Maio de 2015.

A publicação desta portaria veio repor alguma justiça ao determinar que todos os trabalhadores do sector devem ver os seus salários actualizados. O sindicato sempre contestou o atraso da publicação das portarias que criou uma situação de desigualdade entre os trabalhadores.

Todos os trabalhadores deviam estar com os salários actualizados desde Agosto de 2014, o que não aconteceu por responsabilidade do Ministério do Emprego e Solidariedade ao protelar a sua publicação.

Lembramos que os salários são actualizados em termos médios 2,5% de aumento, o subsídio de refeição passou para os 4,20 por cada dia de trabalho e o subsídio pelo trabalho ao sábado de tarde passou para 6,54.

(a) – Retribuições que podem ser prejudicadas pelo Salário Mínimo Nacional

(b) – Praticantes 17/16 anos

A4 Retalhista do Porto Maio 2015.pdf
Adobe Acrobat Document 459.1 KB

Concluídas as negociações do CCT Retalhista do Porto

Aumento médio nos salários de 2,5% - Entrada em vigor a 1 de Janeiro de 2014.

 

As negociações concluíram-se no final do ano de 2013, tendo sido possível obter um acordo, devido em grande parte à determinação dos trabalhadores que com o seu sindicato conseguiram que os salários dos trabalhadores sejam actualizados.
As circunstâncias em que o país tem vivido, onde as dificuldades económicas e o empobrecimento do país têm também afectado o sector do Comércio, só com a nossa determinação foi possível negociar o contrato colectivo.
Este acordo actualiza os salários em termos médios cerca de 2,5%, com entrada em vigor a 1 de Janeiro de 2014. O subsídio de alimentação passa para os 4,20 euros/dia e o subsídio pelo trabalho ao sábado de tarde passa para os 6,54 euros.
As restantes matérias tem uma actualização de 3%.
Aproveitamos para informar que vai ser publicado o texto global do contrato em vigor.
Qualquer dúvida sobre a aplicação das matérias agora negociadas devem
contactar o sindicato. + informação

Comunicado CCT Retalhista Porto - Acordo
Adobe Acrobat Document 276.6 KB

Comemoração dos 100 anos da Revolução que transformou o Mundo

Garante os teus direitos. Sindicaliza-te

Contactos CESP
CESP Notícias
Interjovem - CESP Jovem
CGTP-IN